.Próximas actividades:

Encerrado!!! Retomaremos as actividade dentro de momentos!

Domingo, 18 de Maio de 2008

Trilho Pertinho do Céu

Nem mesmo uma inflamação grave no tendão de Aquiles venceu as saudades de “meter pés ao caminho” pelo meio da natureza, e a descoberta de um trilho denominado “pertinho do céu” cessou qualquer reticência que existisse. Sendo assim, resistentes e aventureiros caminheiros partiram rumo a Arcos de Valdevez em busca da Gavieira.


Verdejantes paisagens acompanharam a nossa condução e a primeira paragem ocorreu na Barragem de Lindoso onde a serenidade das águas envolvia-se com o silêncio do local. Rodas a caminho até à próxima pausa para almoço: Soajo! A degustação ocorreu num local repleto de fauna e flora: o amarelo das maias contrastava com o violeta das "campainhas". Uma pequena exploração pelo local revelou a existência de muitos poços ao longo desta pequena cascata, aranhas, esvoaçantes libelinhas e coloridos sardões.


Após este belo descanso, direccionamo-nos para o nosso objectivo e há medida que avançávamos, cruzamo-nos por aldeias abandonadas, cavalos, vacas e bois, porcos que destoavam entre a placidez de montanhas recortadas pelas águas do rio Castro Laboreiro.
Chegados à pequena aldeia da Gavieira, fomos “seguidos” pelos olhares de alguns habitantes que se mostravam curiosos perante jovens prontos a caminhar pelas suas terras. Encontrado o inicio do trilho, classificado como fácil a moderado, iniciamos a nossa caminhada por um carreteiro – antigo caminho com grandes lajes de pedra, marcadas pelos rodados dos antigos carros de bois que por ali circularam.

 

 

Depois de 2km de intensa subida sobre cascalho e rochas, cheguei à conclusão que fomos enganados: este trilho deveria ser descrito como moderado a médio!!! Aqui, na Branda de Busgalinhas (ponto mais alto pertinho do Céu – 1070m), fomos recebidos por simpáticos cães, de dentes afiados que contrariavam a ausência de dentição dos seus donos. Daqui até à varanda de S. Bento do Cando foi um pulinho, onde descemos em direcção ao Rio Grande por um caminho de pastores. Caminho??? Deveria ser antes denominado de riacho, pela quantidade de água que avançava sobre pedras soltas… Seguindo sempre o recortar do Rio Grande, e as suas convidativas cascatas e poças, retornamos, após 7,5km de caminhada, ao centro da mesma aldeia que nos viu partir, onde prestáveis moradores nos saudaram, recordando-nos o local de estacionamento do veículo.

 


 

 

O regresso foi tranquilo, aproveitado para vislumbrar um pouco mais as paisagens e a pacatez envolvente, terminando com um belo jantar em Ponte de Lima.

 


 Dados da caminhada:

 

 

publicado por Pé na Rota às 23:59
link do post | comentar | favorito
|

.Visitas

.posts recentes

. A caminhada do regresso -...

. Até à próxima, colegas ca...

. Trilho das Lajes Altas - ...

. Trilho das Lajes Altas - ...

. Trilho das Lajes Altas

. Uma ultima caminhada ante...

. Pertinho do Céu - Fotos I...

. Pertinho do Céu - Fotos I

. Trilho Pertinho do Céu

. Cascatas do Tahiti - Foto...

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.arquivos

.pesquisar

 

.tags

. cascatas do tahiti

. fafe

. gavieira

. paredes de coura

. serra da cabreira

. soajo

. trilho das lajes altas

. trilho do cabeço da vaca

. trilho do turio

. trilho dos canos d'água

. trilho pertinho do céu

. viana do castelo

. todas as tags

.links

.participar

. participe neste blog

.mais sobre mim

.subscrever feeds